Olá novamente…vou continuar a minha história…calma que tem muita coisa para contar ainda…

PS: Para quem não entendeu o propósito por trás disso, é através da história, vocês possam ver algumas dicas, entender como as coisas funcionam…e aprender com os meus (muitos) erros.

 

Dia 7, 18:00 (fuso de Kiev):
Finalmente cheguei em Kiev!! foi horrível entender o que o garçom do ar falava porque falava em francês ou ucraniano ou inglês, mas um fato bem claro…francês não sabe falar inglês, pode até tentar mas o sotaque acaba com qualquer tentativa de demonstrar que sabe, então se você precisa saber o que fazer num avião, veja no primeiro avião onde ao menos em português eles falam ;p Mas enfim, no aeroporto, você ganha seu primeiro visto, primeiro que você pensa que vai ser um carimbo foda com o emblema do país em 40 cores 3D soltando fogo….mas é um carimbo de 2 reais…e ainda usou tinta laranja…decepcionante…mas ta! Ao entrar no país oficialmente…eu fui esperar minha bagagem e lá encontrei um outro brasileiro…que estava vindo para Kiev fazer turismo…eu por sinal esqueci de perguntar o nome dele também…mas passei meu contato do facebook…ja melhorei para a menina do avião que nunca mais vou ouvir falar na vida.

Dia 7, 18:40:
Depois de pegar minha bagagem, um taxista muito simpático e insistente queria me levar até o meu destino…que era a estação onde eu deveria encontrar o time de recepção da AIESEC…foi bom porque eu me senti como no Brasil..com um malandro querendo me enganar…ao menos ele me levou para trocar dinheiro (onde ele ficou aguardando para falar novamente para eu pegar taxi) e depois me mostrou onde eu esperava o ônibus (perguntando se eu queria taxi a cada 3 minutos para ver se eu desistia por causa da espera e do frio). Mas enfim o ônibus chegou e eu fui por 1/10 do preço que ele iria me fazer.

Dia 7, 19:30:
Bom…chegando lá…é uma estação linda e bem grande…o problema é que eu não sabia o nome de quem ia me buscar…nem como era…nem tinha contato…ou seja…é! Fiquei rondando onde eu achei que fosse para esperar por um tempo até descobrir que deveria pensar em algo melhor…foi daí que eu fui para a Lan House ver se encontrava alguém da AIESEC de Kiev online…oque não deu certo também..mas consegui pegar o telefone de uma menina daqui…só faltava agora ligar para ela.

Dia 7, 20:50:
Depois de umas 10 pessoas consegui uma que me entendesse e fizesse a ligação para mim…oque foi bom tirando o fato que a menina me passou um contato de outra menina por mensagem e eu não queria pedir novamente para a pessoa, fiquei esperando ja que eu ja tinha dado minha localização e tal.

Dia 7, 21:30:
Finalmente um pouco de sorte na minha maré, um menino veio me perguntar se eu precisava de ajuda, que por sinal era um cara que tinha acabado de entrar na AIESEC, foi muito interessante, ele conseguiu ligar para a menina, que ficou de pegar outra menina e me buscar, além dele ter sido muito legal e até me pagou um Mc Donalds, e conversou comigo até as meninas chegarem e ele ter de ir embora.

Dia 7, 22:30:
Agora um pouco mais de azar, as meninas que vieram me buscar eram lindas e muito legais, mas tinhamos que esperar mais duas pessoas, que ficamos procurando até depois de uma hora descobrir que eles estavam já aqui e em um hostel mó de boa u.u

Dia 7, 00:00:
Depois de toda essa luta, andar de metrô que eu ja esqueci tudo de como anda porque eu não entendi nada nem pra que lado que tava indo direito ou se subia ou descia…sim esse era o nível de sono que eu tava =x. Chegamos ao meu Hostel, fiquei assustado porque é um prédio com uma aparência muito mal cuidada, velha e sombria, tava com medo do hostel que tinham reservado fosse igual, e eu não fosse sair de vivo lá.

Dia 7, 00:20:
Uma coisa peculiar, é que as portas eram todas grandes e bonitas, oque fazia um contraste estranho com o resto do prédio, mas tive uma muito feliz surpresa ao entrar no lugar e descobrir que o Hostel é muito mas muito bonito, vem grande espaçoso, um apartamento de 100 anos de idade mas super bem conservado, nessa história ainda não tem fotos, mas mostrarei em breve. Enfim, após tudo resolvido, consegui tomar um banho (sim…eles tem água quente), e pude finalmente descansar para passar meu primeiro dia em Kiev.

Esse foi o minha última descrição por escrita extensa e grande (eu acho), os próximos posts serão pontos individuais, como fotos de lugares, comidas, entre outras, espero que tenham achado interessante, ou pelo menos engraçado um pouco, eu sei que estão todos querendo fotos e fotos mas só hoje de manhã consegui retirar o chip do meu notebook, então paciência gafanhotos.